Quanto custa o seguro fiança de aluguel?

O seguro-fiança custa o equivalente a um aluguel e meio a cada ano. Em um contrato de R$ 1.500 mensais, por exemplo, somado o valor do seguro diluído em 12 meses, o inquilino paga R$ 1.687,50.
Em cache

Como é feito o cálculo do seguro fiança?

Geralmente o valor do Seguro Fiança gira em torno de 1 aluguel a 1 aluguel e meio. Logo em um aluguel de R$ 1.000,00 por exemplo, o seguro deve ficar entre R$ 1.000,00 a R$ 1.500,00 por ano. O Seguro Fiança pode ser dividido em até 4x ou 6x sem juros ou até 10x ou 12x com juros dependendo da seguradora.

Qual é o valor cobrado para fazer seguro fiança Porto Seguro?

Normalmente o valor do seguro fiança da Porto Seguro está entre 1,3 a 1,5 x o valor do aluguel mensal. Exemplo: Valor mensal do aluguel = R$ 1.000,00 Valor do seguro fiança = R$ 1.000 x 1,3 = R$ 1.300,00 Valor do seguro fiança = R$ 1.000 x 1,5 = R$ 1.500,00.

Quantos meses de aluguel o seguro fiança cobre?

30 meses

Como funciona o seguro fiança? Embora o seguro fiança seja contratado pelo inquilino, o beneficiário é o dono do imóvel, que fica responsável por acionar a seguradora caso seja preciso. A cobertura garante a indenização dos custos com aluguel em atraso ou outros imprevistos por até 30 meses.
Em cache

Quais as desvantagens do seguro fiança?

Sim, existem três desvantagens do seguro fiança, mas são pequenas se comparadas às vantagens do processo.

  • Exige comprovação de renda.
  • A seguradora pode não aprovar o seguro, seja por pendências no nome do inquilino, renda insuficiente ou outros motivos.

Como paga seguro fiança aluguel?

Em geral, o seguro fiança varia de 6% do valor do aluguel até 15% ao mês dependendo do perfil e risco financeiro. Ele também pode ser parcelado no mesmo número de meses do contrato de locação, no cartão de crédito, débito automático, boleto ou fatura imobiliária sendo pago mensalmente.

Quem fica com o dinheiro do seguro fiança?

O seguro fiança não é devolvido ao final do contrato, assim como em outros tipos de seguro, mesmo se o pagamento do aluguel estiver em dia. Isso ocorre porque, enquanto a apólice estiver vigente e a locação existir, a seguradora está garantindo com o valor do seguro os possíveis riscos que possam existir.

O que acontece se tenho seguro fiança e não paguei o aluguel?

Além disso, será emitida uma ordem de despejo, caso o inquilino continue sem pagar as dívidas. Ou seja, o seguro fiança acaba sendo uma segurança de recebimento do dinheiro, afinal, a seguradora irá pagar o débito, mesmo se o inquilino não o fizer.

O que reprova seguro-fiança?

No entanto, para firmar o seguro-fiança a seguradora avalia a renda do inquilino e sua pontuação no score. Por isso, caso tenha uma renda inferior ao que é exigido e uma pontuação inaceitável no score pode ser reprovado e assim não poderá contratar o seguro-fiança.

O que acontece se o inquilino parar de pagar o seguro fiança?

Além disso, será emitida uma ordem de despejo, caso o inquilino continue sem pagar as dívidas. Ou seja, o seguro fiança acaba sendo uma segurança de recebimento do dinheiro, afinal, a seguradora irá pagar o débito, mesmo se o inquilino não o fizer.

O que acontece se o inquilino não pagar o seguro fiança?

Além disso, será emitida uma ordem de despejo, caso o inquilino continue sem pagar as dívidas. Ou seja, o seguro fiança acaba sendo uma segurança de recebimento do dinheiro, afinal, a seguradora irá pagar o débito, mesmo se o inquilino não o fizer.

Qual a desvantagem do seguro fiança?

Quais as desvantagens do seguro fiança? O valor desembolsado não será restituído ao locatário, assim como acontece com os seguros de automóveis, por exemplo. Outro ponto é que o serviço precisa ser renovado anualmente, ou seja, é necessário fazer um novo pagamento da apólice para continuar coberto pelo seguro.

Quantas vezes tem que pagar o seguro fiança?

Em geral, o seguro fiança varia de 6% do valor do aluguel até 15% ao mês dependendo do perfil e risco financeiro. Ele também pode ser parcelado no mesmo número de meses do contrato de locação, no cartão de crédito, débito automático, boleto ou fatura imobiliária sendo pago mensalmente.

Precisa de nome limpo para seguro-fiança?

Além disso, para ser aceito, o fiador precisa ter um patamar mínimo de renda, imóvel próprio e nome limpo na praça. Na outra ponta, é muito mais fácil para o locador acionar o seguro do que cobrar a dívida do fiador em caso de inadimplência do locatário.

By admin