Coronavirus no semiárido nordestino: algumas informações

Delcide Marques
Petrolina, 4 de Julho de 2020

As cidades-irmãs, Petrolina, em Pernambuco, e Juazeiro, na Bahia, formam um importante pólo econômico e populacional no sertão nordestino. Elas possuem trajetórias e exercícios políticos específicos e diversos. As cidades estão separadas e aproximadas pelos 800 metros da ponte Presidente Dutra, que atravessa o Rio São Francisco. Por isso mesmo, o cotidiano das duas cidades se mistura, e o tráfego entre elas é intenso. Seja para trabalho, consumo ou quaisquer outras atividades, há um constante vaivém entre as duas cidades. Chegava a passar pela ponte cerca de 35 mil veículos diariamente. Essa acentuada movimentação teve um grande declínio nos últimos meses, devido ao isolamento social.

Na segunda quinzena de março, ambas as prefeituras lançaram decretos para atenuar os efeitos do surto pandêmico. No que tange ao novo coronavírus, as duas cidades tiveram iniciativas sanitárias imediatas e efetivas. Em Juazeiro a medida suspendeu eventos públicos e atividades escolares, bem como estabeleceu protocolos aos frequentadores de bares e restaurantes. Em Petrolina, a medida foi inicialmente contida, contudo, muito rapidamente foram tomadas precauções mais vigorosas. Os municípios chegaram a decretar estado de emergência de saúde pública, de modo que seus prefeitos (mesmo tendo filiações e concepções políticas distintas) se reuniram para a proposição de uma cooperação no enfrentamento da crise: Miguel Coelho, prefeito de Petrolina, pertence atualmente ao MDB; e Paulo Bonfim, prefeito de Juazeiro, atualmente é filiado ao PT.

As prefeituras e iniciativas comunitárias passaram a oferecer suporte à população, com alimentação nos restaurantes populares e higienização constante dos espaços públicos, bem como abrigo àqueles em situação de rua e preparação de local adequado para acolhimento de infectados. As prefeituras cancelaram festas importantes e destinaram os recursos para o enfrentamento à Covid-19.

Para a efetivação das regras de isolamento e combate, as cidades enfrentaram problemas na fiscalização, pois muitos moradores e trabalhadores descumpriam as determinações. Mesmo com orientações, multas e possível cassação do alvará de funciomanto, diversos comércios no centro e nas periferias operaram irregularmente com portas fechadas. De todo modo, e diante de uma significativa pressão pela reabertura dos serviços não essenciais, vinculada principalmente às entidades ligadas ao comércio, indústria e serviços, o município de Petrolina iniciou a reabertura dos serviços não essenciais em 1º de junho. Na ocasião, havia 253 casos confirmados, com 97 curas clínicas e oito óbitos. Um mês após a reabertura foi noticiado que até o dia 02 de julho, dos 1.014 casos de Covid-19 registrados em Petrolina, houve 482 curas clínicas e 26 óbitos. Mesmo com esse cenário, o comércio de Petrolina permanece aberto. Juazeiro, por sua vez, também ensaiou uma gradual reabertura do comércio. Passados vinte dias, observa-se um crescimento de casos de coronavirus. No boletim de 02 de julho, a prefeitura de Juazeiro indicou 839 casos confirmados, 252 curas e 30 óbitos.

As escolas e instituições particulares de ensino estão lidando com aulas virtuais há algum tempo. A Universidade Federal do Vale do São Francisco, UNIVASF, está com aulas suspensas em todos os campi desde meados de março. A UNIVASF administra um dos principais hospitais da região o HU (Hospital Universitário) que vem adaptando suas instalações para receber pacientes com Covid-19. No momento está sendo feito um diagnóstico do corpo docente e discente para avaliar os desafios de implementação das atividades remotas de educação, que deverão durar ao menos até o final do ano.

É notório que a dinâmica das cidades e a vida das pessoas está passando por diversas modificações decorrentes do isolamento e uso de máscaras. A presença e uso do álcool em gel passou fazer parte do ritual de entrada nos estabelecimentos. O medo do contágio é bastante perceptível na maior parte das pessoas, ainda que haja aqueles displicentes ou que veem em tudo um alarde desnecessário. Só é permitido entrar nos locais com máscara. Deve-se evitar aglomerações, o que de fato não tem sido possível evitar no centro da cidade. Quando alguém é visto sem máscara, há um olhar generalizado de desaprovação. O fluxo entre as cidades, que havia diminuído inicilamente, foi revigorado com a retomada do comércio. Novos hábitos passam a compor o cotidiano das pessoas. Muitos comerciantes passaram a usar as redes sociais com maior afinco e estão obtendo resultados. As aulas estão caminhando para serem remotas, o que trará seus impactos no futuro da educação. Estamos vivendo no calor das mudanças… ainda que estejamos no inverno.

Referências

ALMEIDA, Helga e VISCARRA, Simone. Sertão nordestino no combate à Covid-19: Juazeiro (BA) e Petrolina (PE). Acesso em: 01/07/2020. Disponível em: https://nepolufjf.wordpress.com/2020/04/13/sertao-nordestino-no-combate-a-covid-19-juazeiro-ba-e-petrolina-pe/ 
Decreto Nº012/2020, 16 de março de 2020, Petrolina, Pernambuco. Acesso em 01/07/2020. Disponível em: https://www.waldineypassos.com.br/wp-content/uploads/2020/03/DECRETO-012.pdf
Decreto Nº320/2020, 07 abril de 2020, Juazeiro, Bahia. Acesso em 02/07/2020. Disponível em: https://doem.org.br/ba/juazeiro/diarios/previsualizar/R0jOz0aM?filename=DOE-ba_juazeiro-ed.1.691-ano.8.pdf&_cb=20200407135844
G1 Bahia. Covid-19: Menos de um mês após reabertura, prefeitura de Juazeiro anuncia fechamento do comércio. Acesso em : 03/07/2020. Disponível em: https://g1.globo.com/ba/bahia/noticia/2020/06/20/covid-19-menos-de-um-mes-apos-reabertura-prefeitura-de-juazeiro-anuncia-fechamento-do-comercio.ghtml
G1 Petrolina. Com 45 novos casos de Covid-19, Petrolina chega ao total de 1.014, 03/07/2020. Acesso em : 03/07/2020. Disponível em: https://g1.globo.com/pe/petrolina-regiao/noticia/2020/07/02/com-45-novos-casos-de-covid-19-petrolina-chega-ao-total-de-1014.ghtml
G1 Petrolina. Novo decreto municipal determina adiamento do São João de Petrolina, 23/03/2020. Acesso em: 03/07/2020. Disponível em: https://g1.globo.com/pe/petrolina-regiao/noticia/2020/03/23/novo-decreto-municipal-determina-adiamento-sao-joao-de-petrolina.ghtml
G1 Petrolina. Um mês após reabertura do comércio, número de casos de Covid-19 quadruplica em Petrolina. Acesso em : 04/07/2020. Disponível em: https://g1.globo.com/pe/petrolina-regiao/noticia/2020/07/02/um-mes-apos-reabertura-do-comercio-numero-de-casos-de-covid-19-quadruplica-em-petrolina.ghtml
G1 Petrolina. Plano de retomada gradual da economia de Petrolina começa nesta segunda-feira (1º), 01/06/2020. Acesso em : 02/07/2020. Disponível em: https://g1.globo.com/pe/petrolina-regiao/noticia/2020/06/01/plano-de-retomada-gradual-da-economia-de-petrolina-comeca-nesta-segunda-feira-1o.ghtml
Prefeitura de Juazeiro. Prefeito de Juazeiro se reúne com o de Petrolina e celebra parceria no combate a expansão do coronavírus e H1N1, 19/03/2020, Acesso em: 09/04/2020. Disponível em: https://www6.juazeiro.ba.gov.br/prefeito-de-juazeiro-se-reune-com-o-de-petrolina-e-celebra-parceria-no-combate-a-expansao-do-coronavirus-e-h1n1/