Para que serve Tabelionato de protestos?

No mundo dos cartórios é possível encontrar diversos tabelionatos com diferentes funções. O Cartório de Protesto é o local responsável por tratar de documentos de dívida, que garante que uma pessoa comprove que outra possui uma dívida, dando o dinheiro que a pessoa responda pelo pagamento.

O que acontece quando se tem o nome protestado em cartório?

Quem possui pendências no nome, o protesto pode causar diversas restrições financeiras, como por exemplo, gerar dificuldades na movimentação de conta corrente, aquisição de crediário, empréstimos ou até mesmo financiamento imobiliário.

O que acontece se eu não pagar uma dívida protestada em cartório?

As consequências podem ser diversas, desde o rebaixamento do score de crédito até a cobrança judicial. Em último caso, o inadimplente pode ter até seus bens penhorados. Antes, é claro, há todo um trâmite a ser seguido, e o devedor tem condições de negociar e se defender, como veremos ao longo deste artigo.

Qual é o motivo do protesto?

Como funciona o protesto em cartório? Quando uma dívida não é paga, o credor pode de alguma maneira oficializar a inadimplência do consumidor. Para que possa comprovar formalmente o débito e solicitar a cobrança, a empresa pode acionar o protesto em cartório.

Quanto tempo o nome pode ficar no cartório de protesto?

Mas, se você não pagar, o seu nome é negativado, gerando uma série de complicações. Agora, esclarecendo a questão central deste texto, vale esclarecer que a dívida protestada em cartório prescreve. Normalmente, isso ocorre depois de 5 anos, como qualquer outra dívida.

O que o protesto impede?

Atualizado em: 06 de março de 2023. O protesto em cartório impõe limitações ao titular da dívida, como a dificuldade de conseguir um financiamento até que o débito seja quitado e o protesto excluído.

Que tipo de dívida pode ser protestada em cartório?

Podem ser encaminhados a protesto todos os títulos de crédito (cheques, duplicatas, notas promissórias, cédulas de crédito, etc.), títulos executivos judiciais e extrajudiciais, entre outros documentos de dívida.

Quais os riscos de um protesto?

Quem tem o nome protestado pode sofrer ação judicial para a cobrança da dívida. Quando uma dívida não é paga, o credor pode adotar medidas judiciais para recuperar o valor devido, o que inclui ajuizar uma ação de cobrança.

O que o protesto pode prejudicar?

Assim, a existência de protestos pode impactar negativamente a pontuação de crédito do solicitante, dificultando o acesso a serviços financeiros e limitando as opções de crédito disponíveis. Por isso, é fundamental que os indivíduos e empresas se mantenham em dia com seus pagamentos e evitem a inadimplência.

By admin