O que é sonda enteral e para que serve?

A sonda nasoenteral é necessária quando o paciente não consegue manter uma alimentação pelo método convencional, ou seja, via ingestão oral. Assim, é preciso colocar um tubo flexível no nariz, de forma que ele chegue ao estômago, duodeno ou jejuno.
Em cache

Qual a diferença da sonda nasoenteral e enteral?

Figura 1 – Sondas. Nasoentérica: introduzida pelo nariz e que fica localizada no intestino. Nasogástrica: introduzida pelo nariz e que fica localizada no estômago do paciente. Orogástrica: introduzida através da cavidade oral e que fica localizada no estômago (1).
Em cache

O que quer dizer a palavra enteral?

A nutrição enteral é uma forma de alimentação para pacientes que não devem ou conseguem se alimentar por via oral (boca), como em casos de cirurgia da região da cabeça e do pescoço, esôfago, estômago, etc.
Em cache

Qual o objetivo da sonda enteral?

Dispositivo para Alimentação Enteral

Quando a alimentação pela via oral sofre redução importante ou a ingestão alimentar é insuficiente para a nutrição do paciente torna-se necessária a terapia de nutrição enteral, através de sonda nasoenteral usada especificamente para essa finalidade.
Em cache

Onde fica a sonda enteral?

A sonda nasoenteral é passada da narina até o intestino e difere da sonda nasogástrica por ter o calibre mais fino causando menos trauma ao esôfago. Ela aloja-se diretamente no intestino e seu uso é exclusivo para a alimentação de pacientes impossibilitados de ingerir alimentos pela boca.

Quanto tempo o paciente pode ficar com a sonda enteral?

Por serem resistentes podem permanecer no paciente por longo tempo (5 meses ou mais), sendo necessária a troca somente quando apresentarem problemas como ruptura, obstrução ou mal funcionamento.

Onde se localiza a sonda enteral?

A sonda nasoenteral é passada da narina até o intestino e difere da sonda nasogástrica por ter o calibre mais fino causando menos trauma ao esôfago. Ela aloja-se diretamente no intestino e seu uso é exclusivo para a alimentação de pacientes impossibilitados de ingerir alimentos pela boca.

Quais são os tipos de sonda enteral?

Há 5 tipos de sondas de alimentação:

  • Sonda nasogástrica (sonda NG). Uma sonda NG é inserida dentro do estômago através do nariz. …
  • Sonda nasojejunal (sonda NJ). …
  • Sonda de gastrostomia (sonda G). …
  • Sonda de gastrostomia-jejunostomia (sonda GJ). …
  • Sonda de jejunostomia (sonda J).

Quais são as vias de acesso para sonda enteral?

VIAS DE ACESSO

Os acessos (entradas ou localizações) da nutrição enteral são: • Estômago, • Duodeno, • Jejuno. Um dos fatores determinantes para decisão da via de acesso é o período de utilização, no qual, sendo inferior a seis semanas, a via nasoenteral costuma ser a mais empregada.

Quais os cuidados com a sonda enteral?

Limpe diariamente a parte externa da sonda com gaze, água e álcool a 70% ou sabonete suave. Seque bem. Cuidado para não puxar a sonda acidentalmente. Caso haja saída ou entupimento, ela deverá ser trocada pelo médico.

Quem usa sonda enteral?

Os tipos de sonda usadas na dieta enteral são: Sonda enteral de gastrostomia ou jejunostomia: a partir de uma abertura no abdômen, podem ser colocadas no estômago ou no intestino delgado. São utilizadas em pacientes que precisam dessa alimentação a longo prazo e não conseguem usar a sonda nasogástrica.

Quem coloca a sonda enteral?

A introdução desse tipo de sonda deve ser feita por um enfermeiro e seu uso tem a finalidade de administrar medicamentos ou alimentos, descomprimir o estômago para a remoção de líquidos, avaliar a motilidade intestinal, tratar sangramentos e obstruções, ou ainda, coletar conteúdo gástrico para a análise.

Quem está com sonda pode beber água pela boca?

Quem usa sonda pode beber água pela boca? O ideal é que a pessoa não se alimente e nem beba água pela boca com o uso da sonda nasogástrica. Isso porque o líquido poderá voltar na sonda.

Quais os cuidados com paciente com sonda enteral?

Limpe diariamente a parte externa da sonda com gaze, água e álcool a 70% ou sabonete suave. Seque bem. Cuidado para não puxar a sonda acidentalmente. Caso haja saída ou entupimento, ela deverá ser trocada pelo médico.

Como é colocada uma sonda enteral?

Lubrificar a extremidade da sonda nasogástrica. Inserir delicadamente a ponta da sonda no nariz e deslizar ao longo do assoalho da cavidade nasal. Apontar para trás, então para baixo de modo a permanecer abaixo do corneto nasal. Esperar sentir resistência leve à medida que o tubo passa pela nasofaringe posterior.

Quem passa a sonda enteral?

Recentemente saiu a RESOLUÇÃO COFEN 619-2019 que veio NORMATIZAR a atuação da Equipe de Enfermagem na passagem de sondas (nasogástricas, orogástricas, nasoentéricas). Na RESOLUÇÃO, foi decidido pelo COFEN que o procedimento é PRIVATIVO do Enfermeiro na Equipe de Enfermagem.

Como é feita a alimentação enteral?

A dieta enteral é um tipo de alimentação oferecida através de uma sonda que pode ser que pode ser colocada no nariz, em conexão com o estômago ou intestino, ou cirurgicamente implementada direto no estômago ou intestino, sendo indicada em casos nos quais há dificuldade de mastigar ou engolir alimentos e, portanto, a …

Quais são os tipos de alimentação enteral?

Dieta enteral hipocalórica, normocalórica e hipercalórica

Quanto ao teor energético, as dietas enterais podem ser classificadas de acordo com sua densidade calórica: Dietas enterais hipocalóricas: <0,9 Kcal/mL. Dietas enterais normocalóricas: 0,9 a 1,2 Kcal/mL. Dietas enterais hipercalóricas: >1,2 Kcal/mL.

By admin