O que significa descolonial?

O decolonial seria a contraposição à “colonialidade”, enquanto o descolonial seria uma contraposição ao “colonialismo”, já que o termo descolonización é utilizado para se referir ao processo histórico de ascensão dos Estados-nação após terem fim as administrações coloniais, como o fazem Castro Gómez e Grosfoguel (2007.
Em cache

O que é o pensamento decolonial?

O pensamento descolonial tem como essência a crítica e a desconstrução da lógica da colonialidade, que provém das relações de poder e de dominação colonial, mas vai além, na medida em que se expressa nas relações intersubjetivas.

O que é pensamento decolonial e qual sua importância?

O pensamento decolonial é um pensamento que se desprende de uma lógica de um único mundo possível (lógica da modernidade capitalista) e se abre para uma pluralidade de vozes e caminhos. Trata-se de uma busca pelo direito à diferença e a uma abertura para um pensamento-outro.
Em cache

Qual a origem do pensamento decolonial?

O Pensamento Decolonial é uma vertente da crítica pós-colonial, especialmente das teorias surgidas na Ásia e África, no contexto das lutas de vários países colonizados pela libertação, produzindo reflexões acerca do que representou o Colonialismo para os países colonizados pela Europa.
Em cache

Quem inventou o termo decolonial?

"Giro decolonial" é um termo cunhado originalmente por Nelson Maldonado-Torres em 2005 22. Essa reunião foi fundamental para constituir a decolonialidade como o terceiro elemento da modernidade/colonialidade (Mignolo, 2010).

Quando surgiu o termo decolonialidade?

A decolonialidade surge do rompimento com o pensamento pós-colonial que, até então, desenvolvia trabalhos com conceituações e categorias voltadas para o processo de colonização na África e Ásia entre os séculos XVIII e XX.

Quando surgiu o conceito de decolonialidade?

O entendimento da decolonialidade como meio de denúncia, de luta, mas também como teoria, conceitos e categorias no desenvolvimento da experiência histórica tem origem nos fins do século XX, quando um grupo de estudiosos percebeu que para estudar o colonialismo na América Latina e no Caribe havia a necessidade de se …

Quais são os principais conceitos dos estudos Decoloniais?

OS ESTUDOS DECOLONIAIS

Isto levou à proposição de quatro conceitos principais, a saber: colonialidade do saber, do ser, da natureza e do gênero.

Qual a importância do estudo decolonial?

Portanto, decolonialidade é visibilizar as lutas contra a colonialidade a partir das pessoas, das suas práticas sociais, epistêmicas e políticas. A decolonialidade representa uma estratégia que vai além da transformação da descolonização, ou seja, supõe também construção e criação.

O que é uma literatura decolonial?

O Leituras Decoloniais é um espaço coletivo que trabalha a reflexão a fim de romper com os pensamentos e as práticas colonialistas e racistas. Os livros escolhidos pelas autoras trazem ensinamentos e vivências que geram um debate acerca de raça e gênero nos ciclos de leituras.

Quem são os autores Decoloniais?

Entre eles inserem-se: o sociólogo peruano Aníbal Quijano, a pedagoga da decolonialidade Catherine Walsh, o sociólogo Immanuel Wallerstein, o filósofo Nelson Maldonado-Torres, o semiólogo Walter Mignolo, o sociólogo Ramón Grosfoguel e os clássicos do pensamento negro produzidos por Aimé Césaire e Frantz Fanon.

O que é a colonialidade brasileira?

A Colonialidade se configurou como o “lado obscuro e necessário da Modernidade” (BALLESTRIN, 2013), ou seja, é a forma dominante de controle de recursos, trabalho, capital e conhecimento limitados a uma relação de poder articulada pelo mercado capitalista.

O que significa colonialidade e decolonialidade?

Trata-se de uma domesticação, de uma colonização do modo de ser da população indígena e escravizada. Neste sentido, a decolonialidade epistêmica, significa, entre outras coisas, aprender a desaprender (MIGNOLO, 2005. A colonialidade de cabo a rabo: o hemisfério ocidental no horizonte conceitual da modernidade.

Como se expandiu o pensamento decolonial?

A produção descolonial, teórica e prática, expandiuse, diante da hegemonia e crise neoliberal (décadas de 1980 e 1990), para outros campos das ciências humanas — como a sociologia, a linguística, a filosofia, a pedagogia e, mais recentemente, para o direito — compondo, assim, parte de um giro progressista vivenciado …

By admin